Astrônomo dá dicas de como ver meteoros no céu


texto extraído sítio UOL

Víideo do IFF (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense) registra um evento de curta duração que seria da explosão de um meteoro no espaço em 15 de fevereiro de 2013. .  Ele passou na madrugada do dia 14 para o dia 15, às 5h da manhã, horas depois do meteoro da Rússia. No dia 20, outro meteorito teria caído no Rio de Janeiro e Espírito Santo

O meteoro que explodiu na Rússia, matou uma pessoa e deixou mais de mil feridos fez com que os olhos se voltassem para o céu. Muitos começaram a profetizar grandes catástrofes vindas do espaço. E mais e mais pessoas começaram a relatar bolas de fogo, no Brasil, EUA, Cuba e Europa.

Entenda a diferença

Asteroide Objeto rochoso, relativamente pequeno e inativo, que orbita o nosso Sol
Meteoroide Sobras de asteroides ou cometas que orbitam o nosso Sol
Meteoro Fenômeno que ocorre ao longo da atmosfera da Terra e deixa um rastro de luz no céu
Meteorito Quando um meteoroide ou um asteroide resistem à passagem pela atmosfera terrestre e atingem o solo do nosso planeta, ele é classificado como um meteorito
Cometa Objeto de gelo relativamente pequeno, mas muitas vezes ativo, que tem cauda de gás e poeira
  • Fonte: Othon Winter, professor e pesquisador de trajetórias espaciais da Unesp (Universidade Estadual Paulista), e Nasa (Agência Espacial Norte-Americana)

Apesar de ser difícil cravar que eram mesmo meteoros, o fato é que a Terra é bombardeada por objetos o tempo todo, mas a maioria não é visível. Para Daniela Lazzaro, pesquisador titular do Observatório Nacional no Rio de Janeiro, “todo mundo ficou mais atento ao que acontece no céu e ‘perdeu o medo’ de relatar o que viu”. As explosões, muito mais brilhantes do que outros astros no espaço, duram poucos segundos.

O astrofísico Amaury Almeida, professor do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP (Universidade de São Paulo) dá algumas dicas de como ver meteoros:

  • Combine sua localização geográfica com a época do ano para ver meteoros. Aqui, ao sul do Equador, se vê mais meteoros nos primeiros 6-7 meses do ano.
  • Planeje as suas observações para as primeiras horas da manhã (madrugada). É raro ver meteoros logo ao anoitecer, enquanto a Terra se move para longe do Sol. Nas primeiras horas da manhã, os meteoros parecem estar vindo de frente ou em um ângulo reto com a Terra.

  • Verifique com algum planetário local quando alguma chuva de meteoros está ocorrendo na região. Nove chuvas de meteoros importantes proporcionam um aumento significativo na atividade dos meteoros que podem ser vistos da Terra cada ano. Por exemplo, a chuva Eta Aquárida ocorre entre 21/04 e 12/05 e está associada ao cometa Halley.
  • Procure por meteoros mesmo quando nenhuma chuva importante estiver para acontecer. Mesmo alguns poucos meteoros aparecem no céu na maioria das noites.
  • Procure por um clarão de luz. A atmosfera da Terra faz o meteoro brilhar com calor intenso, à medida que ele se incendeia.
  • Evite tentar observar meteoros próximo da iluminação artificial das cidades.

Sobre marcelobarao
Grandes Paixões: Família Física Rock Corinthians

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: