Já pensou em ter sua própria Webcam no espaço?


A Agência Espacial Civil do Equador (a única agência civil, auto-sustentável – em parte por meio de doações, e em parte por meio de comercialização de tecnologias e serviços espaciais – não-governamental no mundo), www.exa.ec lançará um satélite chamado NEE-01 PEGASUS, o primeiro nanosatélite capaz de transmitir vídeos ao vivo em órbita. Esse satélite possui muitas missões e uma delas consiste em detectar pequenos objetos próximos da Terra (original em inglês: Near Earth Objects – NEO), que são dificilmente detectados por meio de telescópios na superfície da Terra. Esses objetos constituem um risco para áreas populosas. O NEE-01 PEGASUS será o primeiro satélite online, com vídeo em tempo real, público, cuja finalidade é detectar ameaças invisíveis vindas do espaço. O acesso a essas imagens, até então, encontra-se restrito às grandes agências espaciais do mundo, todas elas subordinadas a determinações governamentais. Essa missão representa um esforço para que qualquer cidadão possa observar o que acontece na órbita da Terra e ajude a monitorar a segurança do planeta. Saiba mais sobre esse empreendimento pioneiro, por meio desse vídeo (em inglês).

E como isso acontecerá? O satélite pretende oferecer a qualquer cidadão a capacidade de conecar-se à sua câmera de vídeo na internet, em tempo real. Segundo a agência, isso representa a oportunidade de que qualquer cidadão possa ver com seus próprios olhos, sem intermediários, censura, formando uma rede independente, totalmente civil para observar o planeta. O satélite deve ser lançado no dia 19 de setembro de 2012, a partir da Rússia. Sua missão será fornecer ao cidadão esse “acesso ao espaço” diretamente da internet. O objetivo é trazer o espaço para as pessoas em suas casas, crianças nas escolas, gerações jovens e trabalhadores que ainda sonham com as estrelas e acreditam que tudo é possível. Apesar de o cidadão comum ser o que mais contribui, com seus impostos, para os programas  espaciais nacionais, nem sempre o conhecimento é compartilhado conforma poderia e deveria. E, quantos mais “olhos” tivermos no espaço, mais seguro estará nosso planeta da ameaça real de pequenos asteroides que passam próximos da Terra.

Embora o satélite esteja pronto, o serviço de lançamento precisa ser pago e a agência, que não é governamental, está arrecadando fundos entre cidadãos em todo o mundo. O que eles oferecem como contrapartida? Que qualquer cidadão pode colaborar com quantias que vão de US$25 a ES$10.000. A partir da doação de uma determinada quantia, o cidadão receberá vídeo ao vivo do satélite em seu navegador, diretamente da órbita da Terra! Sim, em seu computador, tablet ou smartphohe, diretamente da órbita; não é uma mera gravação, mas vídeo ao vivo; sem censura, sem cortes. E pela primeira vez na história, a humanidade terá meios de ver o que realmente se passa no espaço, com seus próprios olhos. Especificações para a transmissão:


* resolução 720p HD para vídeo ao vivo da órbita da Terra, 900 km acima da Terra
* capacidade para modo tela cheia
* movimento em tempo real
* telemetria do satélite em tempo real na tela
* necessário um navegador com Java
* necessária uma boa conexão com a internet

O impacto de ter milhares de pessoas, senão milhões delas recebendo vídeos em tempo real da órbita da Terra é que proporcionamos mais equilíbrio no acesso a conhecimentos ao qual somente poucos especialistas têm acesso. É importante que elas também possam ver com seus próprios olhos se há algum NEO com o qual devamos nos preocupar. Segundo o site da agência, sua taxa de sucesso de missões espaciais é de cem por cento http://exa.ec/history.htm. Gostou da ideia de ter seus olhos nas estrelas? Saiba mais e, se possível, dê sua contribuição ao projeto acessando esse sítio, individualmente ou em grupo! Já pensou que interessante reunir esforços de um grupo de professores e ter uma “janela para as estrelas” em sua escola?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: