Distâncias


                                                                                                                     Cleovam da Silva Pôrto
                                                               Professor de Educação Básica, Mestre em Ensino de Física
 
 

Através dos tempos e da história, o homem vem procurando unidades universais, entendidas por todos os povos e legalizadas por todas as nações. Desde a “arroba” e o “côvado” dos tempos mais longíquos, até os atuais quilograma (kg) e metro (m).

A padronização das unidades de medida facilita a comunicação entre as partes, e o Sistema Internacional de Unidades (SI) tem suprido essa necessidade de maneira muito adequada. Em 1791, foi instituído na França o Sistema Métrico Decimal. Uma das conquistas da Revolução Francesa, que os ingleses nem suas colônias adotaram e que pagam um preço alto por isto até hoje.

Apesar de o Brasil ter assinado a Convenção Internacional do Metro, demonstrou possuir uma visão muito avançada e prática na questão metrológica. Porém, ainda persistem no país, vícios e erros grosseiros na grafia das unidades de medida, em particular das distâncias. Os outdoors, placas de sinalização, revistas, jornais e leis têm mostrado o quanto ainda se ignora a forma correta de grafia das unidades de medidas legais no Brasil. Uma vez que alunos do ensino fundamental estudam medidas e suas derivações, ainda sentem dificuldades.

Por definição, metro: comprimento do trajeto percorrido pela luz no vácuo, durante um intervalo de tempo de 1/299 792 458 de segundo.

Em 1960, a XI Conferência Geral de Pesos e Medidas acabou com a antiga definição de metro e mudou para o seguinte: O metro é o comprimento igual a 1 650 763, 73 comprimentos de onda no vácuo da radiação correspondente à transição entre os níveis 2p10 e 2d5, do átomo de criptônio (Kr) 86.

Este grande número foi atribuído de modo que o novo metro tivesse o mesmo comprimento que o antigo.

Definição de metro. Fonte: http://mechanicalhandbook.blogspot.com/

Distâncias de medidas astronômicas

A maior parte dos livros representa o Sistema Solar (com o ex-planeta Plutão) como se os planetas estivessem muito próximos uns dos outros. Mas a realidade é bem diferente... Arte: Medialab/ESA

No cotidiano de nossas vidas lidamos com distâncias que variam de milímetros a milhares de quilômetros. Um centésimo de metro ou mil quilômetros são números fáceis de visualizar e escrever. Na Astronomia, porém lidamos com partículas tão pequenas quanto um milionésimo de um bilionésimo de metro e sistemas de estrelas tão grandes quanto mil quatrilhões de quilômetros. Para lidar com números muito maiores ou menores que 1, usamos uma simplificação chamada de notação científica ou potências de dez.

A extensão do universo que podemos observar e a variação do tamanho dos objetos que nele se encontram são inacreditáveis. 

                   Tabela para cálculos das distâncias entre os planetas e os planetoides*

                  *Distâncias aproximadas – PESQUISE ESTES DADOS (?).

Sabemos que nossa Terra faz parte do conjunto de corpos celestes que formam o que chamamos de Sistema Solar. O Sistema Solar é composto por oito planetas que são: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Além desses corpos, o Sistema Solar possui três planetas anões: Ceres (Cinturão Principal de Asteroides), Plutão e Éris (formam o cinturão de Kuiper). O Sistema Solar também inclui uma estrela, o Sol, e os asteroides e cometas que, de vez em quando embelezam mais ainda o céu. As distâncias astronômicas como vimos são utilizadas em nosso Sistema Solar a Unidade Astronômica (1UA=1,5×108 km ≈ 9,3×107 mi km) ou fora de nosso Sistema o ano-luz (al). Um ano-luz é a distância que a luz viaja durante um ano no vácuo (isto é, na ausência de ar). Desta forma as distâncias intergalácticas se auferem através do ano-luz. Próxima Centauri está à 4,2 anos-luz da Terra.

Confira agora, com exclusividade, o episódio do ABC da Astronomia, sobre o tema Distâncias!


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: