Robonauta – R2


O Robonauta 2 é um robô humanoide com várias habilidades, projetado e construído pelo Centro Espacial Johnson da NASA, em parceria com a General Motors. Sua principal missão consiste em auxiliar os astronautas em suas atividades no espaço. O robô deve apresentar habilidades para trabalho manual, ajudando os astronautas em tarefas rotineiras, entediantes, perigosas ou insalubres. Dessa forma, os astronautas poderão se dedicar a desempenhar tarefas mais afins com sua especialidade, ao invés de gastar tempo “fazendo faxina” na nave espacial, por exemplo. A General Motors prima pela segurança de seus veículos, assim essa parceria com a NASA resulta em um produto de grande confiabilidade.

Inicialmente, o que se pretende ao enviar esse robô em sua primeira missão a bordo do ônibus espacial Discovery na última quinta-feira, dia 24 de fevereiro de 2011, é verificar como tais robôs se comportam em ambiente de microgravidade. O Robonauta 2 deve se tornar um tripulante permanente dessa Estação. Posteriormente, pretende-se que robonautas auxiliem os humanos nas tarefas citadas, no interior da nave espacial. Uma vantagem da utilização dos robonautas é que suas peças podem ser facilmente substituídas durante a missão. Assim, um dedo ou uma perna podem ser trocados no espaço.

O próximo passo é que os robonautas sejam capazes de realizar atividades extraveiculares. Sabemos que tais atividades podem oferecer sérios riscos à saúde dos astronautas, sobretudo em períodos de alta atividade solar, em que os índices de radiação se tornam mais elevados, em decorrência de fenômenos de clima espacial, tais como ejeções de material coronal ou “flares” solares. Os robonautas podem ser utilizados nessas atividades, de modo a poupar os seres humanos para pesquisas científicas no interior da nave espacial ou da Estação Espacial, por exemplo.

Na sequência, os robonautas devem ser utilizados para explorar e estudar objetos próximos à Terra, tais como asteroides ou luas de Marte. O próximo objetivo consiste em utilizar esses robôs humanoides na exploração de outros corpos celestes no Sistema Solar, tal como uma viagem à Marte. Tripulações compostas de humanos e robôs podem reduzir os riscos da exploração e aumentar a capacidade de atingir resultados, somando suas habilidades e potencialidades. Depois, os robôs podem ser utilizados para explorações do espaço profundo, tais como missões a outros sistemas planetários. Essa combinação significa também redução de custos na realização de missões, uma vez que robonautas não precisam se alimentar, dormir ou beber água, por exemplo. Igualmente, robôs não se “machucam” e não precisam de gastos com medicamentos e equipamentos de ginástica para manter a forma e a saúde enquanto do espaço. Veja esse vídeo que mostra um possível futuro para esses robôs humanoides.

O Robonauta 2 é o primeiro robô humanoide a bordo de um ônibus espacial, e o primeiro a tripular a Estação Espacial Internacional. Inicialmente, ele ficará fixo no interior da Estação Espacial Internacional. Melhorias ao robô incluem realizar atividades no vácuo do espaço e posteriormente inserir pernas ou rodas, por meio das quais o robô poderá se deslocar na superfície da Lua ou de Marte. Um veículo robótico de quatro rodas chamado Centauro 2 está sendo avaliado no deserto do Arizona, como um exemplo de partes inferiores possíveis para o Robonauta 2, em uma potencial missão interplanetária.

O R2, como o robô é chamado, foi lançado no interior do módulo permanente multifunções denominado Leonardo, o qual foi enviado com suprimentos e equipamentos para a estação e, então, permanentemente instalado na Estação Espacial Internacional. Depois que o R2 for instalado – vários meses após sua chegada – ele será inicialmente operado mo laboratório chamado Destiny para testagem operacional, mas ao longo do tempo tanto seu território quanto suas aplicações poderão se expandir. Não há planos para trazer de volta o R2 à Terra. Veja nesse vídeo algumas coisas que nosso amigo robô sabe fazer.

Extraído parcialmente do site da NASA.

Autoria: Norma Teresinha Oliveira Reis (normareis@mec.gov.br)


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: