Estudantes do Gama participaram de videoconferência com a Nasa sobre lançamento de ônibus espacial


24.02.2011

Cerca de 250 estudantes lotaram o auditório do Centro de Ensino Médio 1 (CEM 1) do Gama para participar de vioconferência com cientista da Nasa e assistir, ao vivo, ao lançamento do ônibus espacial Discovery, realizado no Centro Espacial Kennedy, nos Estados Unidos, às 18h50 desta quinta-feira (24/02). O evento foi organizado pela Secretaria de Educação a Distância do Ministério da Educação (SED/MEC), a convite da Rede de Aprendizagem Digital (DLN, na sigla em inglês) da Nasa.

“Foi a primeira vez que alunos brasileiros estiveram ‘presentes’ em um lançamento da Nasa e participaram desse tipo de videoconferência”, informou a técnica em assuntos educacionais da SED/MEC Norma Teresinha Oliveira, coordenadora do evento. “Escolhemos o CEM 1 pelo fato de já ter realizado um projeto relacionado à astronomia”, justificou. Antes do lançamento, os estudantes fizeram perguntas ao cientista Damon Talley, que é coordenador da DLN do Centro Espacial Kennedy e pode ser visto por meio de um telão. Quando o ônibus espacial alçou voo, poucos minutos após o fim da entrevista, os alunos soltaram gritos e bateram palmas.

Três estudantes foram selecionados para questionarem Talley. Ao microfone, Norma traduziu e pronunciou as perguntas e também verteu as respostas para o português. “Teremos tecnologia suficiente para explorar o espaço além do Sistema Solar?”, quis saber o aluno do 2º ano Mateus Henrique Evangelista, de 15 anos. “Ainda precisamos desenvolver outros tipos de combustível. Os atuais, como o hidrogênio, não conseguem nos levar tão longe. Temos muito trabalho pela frente”, explicou o cientista da Nasa.

“Foi fenomenal fazer parte de um acontecimento tão importante”, exclamou Mateus após o fim da transmissão. Ele não conseguiu entender bem a tradução simultânea de Norma, uma vez que o som da voz dela competia com a de Talley. Porém, ficou animado ao ver o ônibus soltar chamas pelas turbinas e deixar a plataforma. “Fiquei na expectativa de que tudo desse certo”, comentou. “Eu já tinha visto outros lançamentos, mas nunca no momento em que ocorria. Foi uma emoção nova.”

O convite da Nasa chegou à SED/MEC na última terça-feira (22/02). “Infelizmente, não deu tempo de fazer palestras para que os alunos compreendessem melhor o significado do lançamento do Discovery”, lamenta Norma, que fez estágio na Nasa em 2008, quando mestranda da Univeridade Internacional do Espaço, na França.

Durante a transmissão, algumas vezes a técnica da SED/MEC precisou pedir que os alunos fizessem silêncio. “Foi difícil controlá-los, estavam em polvorosa”, observou. Mesmo assim, considerou o evento bem-sucedido: “As perguntas foram boas e receberam elogios do cientista da Nasa.” Em sua opinião, esse tipo de evento pode estimular os alunos a se interessarem por estudar ciência. “Pode ser até que algum deles sinta vontade de ser cientista e contribuir para o desenvolvimento do programa espacial brasileiro.”

Em sua última missão, o ônibus espacial Discovery leva seis astronautas e um robô humanoide à Estação Espacial Internacional. A equipe deve permanecer no espaço durante 11 dias, levando novos instrumentos ao posto orbital.

Extraído do Jornal Correio Braziliense

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: